sábado, 17 de agosto de 2013

Sete dicas para manter a sua higiene íntima em dia


A gente preparou um guia para você proteger a sua higiene íntima

Assim como escovar os dentes corretamente previne as cáries, ter uma boa higiene íntima pode te proteger de algumas doenças causadas por fungos e bactérias. Para isso, além de lavar a região corretamente durante o banho, você precisa tomar alguns outros cuidados, como escolher um bom absorvente e usar roupas que deixem a área respirar. Se liga que eu vou te deixar expert no assunto!

Durante o banho
O maior segredo na hora do banho é que não podemos lavar a parte interna da vagina, pois os tecidos produzem uma proteção que não deve ser retirada.  A higiene deve ser feita apenas na parte externa, de forma leve. Por isso, não há necessidade de esfregar a região. É preciso apenas garantir que nenhuma sujeira, como restinho de papel, acumule. Os sabonetes mais indicados para se fazer a higiene são aqueles que não interferem no pH da vagina, que é ácido. Por isso, os melhores são os neutros ou os específicos para a região.

Depois de ir ao banheiro
Após fazer xixi, a forma correta de secar a vagina é passar o papel com movimentos leves, partindo da região vaginal para o ânus. Isso evita que as bactérias da flora anal entrem em contato com a vagina e causem infecções. Os lenços umedecidos podem ser uma alternativa, pois prolongam a sensação de limpeza. Mas o seu uso frequente não é indicado, pois pode prejudicar a mucosa vaginal.

Protetores diários
Sabe aqueles absorventes pequenininhos que usamos para proteger a calcinha? Eles estão liberados desde que sejam os “respiráveis”. Os protetores que têm uma camada plástica não deixam o ar circular e podem aumentar a chance da proliferação de fungos e bactérias que causam infecções.

No período menstrual
Durante a menstruação é importante redobrar o cuidado com a higiene. A quantidade de trocas dos absorventes dependerá do seu fluxo menstrual, mas não é indicado permanecer em contato com a secreção por mais de duas horas. Uma série de fatores como calor e umidade também aumenta as chances de contrair infecções, por isso escolha um absorvente de boa qualidade e que tenha um toque mais seco.

Depilação
Ao contrário do que muita gente pensa, não há certo ou errado na depilação dessa região. Você pode depilar o quanto quiser e do modo que mais gostar (seja cera, gilete ou creme depilatório). A única indicação é não deixar o pelo muito grande para não acumular sujeirinhas.

Roupas íntimas
O melhor tecido para calcinha é o algodão, porque ele deixa a área respirar e é o menos agressivo para a flora vaginal. Também é importante não usar roupas muito justas e, quando possível, apostar em saias e vestidos. 

Contraindicações
Evite usar papel higiênico e lenços perfumados na área da vagina. Mesmo sendo próprios para a região, não são naturais e modificam o pH. Colocar um perfuminho extra na calcinha também pode causar alergias e infecções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário