quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Decidiu alisar? Entenda melhor a escova progressiva

Decidiu fazer uma escova progressiva? Entenda melhor como funciona o tratamento!
 
 


Gostaria de mudar o visual e apostar na escova progressiva?

Hoje existem alguns tipos diferentes do tratamento, o que acaba deixando as meninas em dúvida sobre qual optar. Pensando nisso, preparei algumas dicas para você ficar esperta caso queira experimentar a progressiva. Confira:

Progressiva: é o procedimento mais comum e está presente em todos os salões de cabeleireiros atualmente. A diferença de um para outro está nas substâncias utilizadas na fórmula, que podem ter tioglicolato e hidróxidos. As de chocolate e frutas têm ácidos naturais e são mais suaves, ótimas para quem quer reduzir o volume e manter a ondulação natural dos cabelos. A manutenção deve ser feita de 3 em 3 meses.

Inteligente: compatível com as químicas comuns, a escova inteligente é perfeita para quem gosta de praticidade. O procedimento é rápido e permite que você lave o cabelo no mesmo dia. O único detalhe que merece atenção é o fato de que essa química utiliza formol (de acordo com a Anvisa,  o máximo que pode ser utilizado na fórmula é 0,2%). Lembre-se de consultar seu cabeleireiro de confiança a respeito disso!

Seja qual for o tipo de progressiva, nunca se esqueça de...

- Investir numa fórmula que seja compatível com o seu cabelo. Primeiro, cheque todos os tipos de química que você já possui nos fios, como tintura, relaxamentos, progressivas, etc. Antes de fazer o alisamento, avise ao seu cabeleireiro e ele ajudará a encontrar um produto com bases compatíveis.

- Pedir o teste de mecha. Só ele garante que a progressiva é 100% compatível com o seu cabelo e assim você evita surpresas desagradáveis no futuro, como queimaduras e quedas.

- Manter os cuidados pós-progressiva. Use xampus com pH mais neutro (entre 6 e 7) e máscaras mega-hidratantes toda semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário