sábado, 22 de março de 2014

Saiba até quando a sua ansiedade é normal

 Será que você é ansiosa demais? Saiba que isso pode afetar a sua saúde!




A ansiedade é uma reação normal, natural e necessária do nosso corpo. Ela é liberada pelo sistema nervoso quando nos deparamos com situações novas ou de risco. Cada pessoa pode apresentar um ou mais sintomas, que em excesso podem trazer alguns problemas. A Atrê vai explicar como classificar o estágio da sua ansiedade.  

Ansiedade normal
Se você estiver passando por uma situação de estresse, como a separação dos pais, vestibular ou o primeiro encontro com um garoto, é normal ficar apreensiva. É até saudável sentir-se ansiosa em momentos como esses, pois demonstra que você se importa com o que está acontecendo.
Tratamento: os exercícios respiratórios são as melhores opções! Quando perceber que você está começando a ficar alterada, pare e comece a respirar bem devagar durante dez segundos. A atividade física também pode ajudar muito. Procure algo que te dê prazer, como dança ou algum esporte, e se jogue.

Quando começa a atrapalhar sua vida
A melhor forma de perceber se você está mais ansiosa do que o normal é ficar atenta se está deixando de fazer algumas coisas rotineiras sem motivo aparente. Por exemplo, comer fora de hora, passar noites em claro ou ter muito sono durante o dia, deixar de sair com suas amigas...
Tratamento: o apoio familiar é muito importante, mas você também pode procurar ajuda dos amigos ou do orientador da sua escola. Converse com eles e tente colocar os seus problemas para fora. Sentir que você pode confiar em alguém é muito bom nessas horas.

Quando pode ser considerado um transtorno
Esse tipo de ansiedade interfere na vida das pessoas, e muito! Ela passa dos limites porque seus sintomas agem de forma intensa e podem durar por longos períodos. Fique atenta a dores fortes de cabeça, suor em excesso, falta de ar, dor de barriga, alteração de humor, medo e mudanças no sono.
Tratamento: o primeiro passo é correr para o colo dos seus pais. Pode ter certeza que eles vão te dar segurança e apoio. Se ainda assim você sentir que precisa de mais ajuda, converse com um especialista (psicólogo). 

2 comentários:

  1. Gostei do post! Bem, minha ansiedade é normal, ainda bem!
    Parabéns pelo blog, um beijo.

    www.sobreteusolhos.blogspot.com

    ResponderExcluir