sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Cinco dúvidas respondidas sobre masturbação

Tire todas as suas dúvidas sobre o assunto

Dá pra perder a virgindade brincando sozinha? É verdade que a masturbação faz aparecerem espinhas? Se você sempre teve dúvidas sobre essa modalidade de sexo solo, mas morre de vergonha de tocar no assunto mesmo com a sua BFF, vale ler esta matéria até o fim.


É possível perder a virgindade se masturbando?
Sim. Tecnicamente, a virgindade é perdida quando o hímen, uma membrana que recobre parte da abertura vaginal, é rompido. Então, se você utilizar objetos para a prática da masturbação, você tem grandes chances de romper essa membrana. Agora, se você utiliza apenas os dedos para estimular o clitóris, uma saliência localizada acima dos pequenos lábios, de grande sensibilidade, esse perigo não existe. “Quando o clitóris é estimulado, a maioria das meninas atinge o orgasmo sem a necessidade de introduzir nenhum tipo de objeto”, conta a educadora sexual do Instituto Kaplan, Luciana Amadi.

É verdade que se masturbar dá espinhas?

Não. As espinhas, na adolescência, têm muito mais a ver com as mudanças hormonais. Por isso mesmo, vale marcar uma consulta com um ginecologista e fazer alguns exames básicos, para ver se o seu desenvolvimento está dentro da normalidade. Se não estiver, o próprio médico vai indicar algum remedinho que, além de corrigir a bagunça hormonal, vai fazer bem à sua pele. Outra dica é procurar um dermatologista. Usar produtos sob medida para você, para limpar e tratar o rosto, pode ser uma maneira interessante de regular a produção de oleosidade, ajudando a manter as espinhas beeem longe!

Por que depois que chego ao orgasmo fico me sentindo culpada? Tem alguma explicação?
Normalmente as pessoas sentem culpa quando estão fazendo algo errado. Então, esse seu sentimento deve ter a ver com a educação que você recebeu. É bem provável que tenha aprendido que se masturbar é algo feio, sujo, que não deve ser praticado por boas meninas. Porém, se esse pensamento veio dos seus pais, dos seus amigos ou da sociedade como um todo, que ainda trata o tema como um tabu, pouco importa. O importante é analisar a história e superar isso. Tente aceitar que a masturbação é uma parte importante do seu desenvolvimento sexual e que ela é um ato absolutamente normal, praticado por 99,9% (ou 100%?) dos adolescentes do mundo (ainda que ninguém comente). Assim, talvez a sua culpa dê uma trégua.

Me masturbo todo dia. Isso pode me prejudicar?
Não mesmo. O único problema é pensar muito nisso, mais do que no menino que você está querendo pegar, por exemplo. Na prática, se você está deixando de lado outras coisas que antes faziam parte da sua rotina para se masturbar, aí é preciso dar uma parada.

Sinto vontade de me masturbar várias vezes durante o dia. Isso é um vício?
Sentir vontade é até normal e pode ser que ela passe de repente, quando a avalanche hormonal que está rolando dentro de você der uma trégua. Ou quando você começar a se sentir menos carente (sim, uma coisa tem tudo a ver com a outra!). Por outro lado, o que não é muito normal é não conseguir segurar a vontade e se colocar em situações saia justa ou até de risco para se masturbar. Outra coisa: se você estiver deixando de estudar, de praticar esportes e até de sair com a turma para sentir prazer sozinha, dentro do quarto, esse também é um sinal de alerta. E se você tentar e não conseguir controlar essa vontade louca, aí é melhor pedir ajuda!

6 comentários:

  1. Ual, não estou mais na adolescencia, mas achei que essas informações são de grande valia, com certeza vai ajudar muita gente que vive por ai sofrendo por tabu! Beijos e boa sorte ♥
    www.templofemininno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada Barbara, fico muito feliz que tenha gostado!

      Beijos

      Excluir
  2. As pessoas ainda se chocam com esse tipo de post, né? hahahah
    Na verdade, eu acho que dependendo da intensidade pode acabar machucando, sim. Teve um caso de uma criança na minha cidade que aparecia sempre inchada da região e reclamando de dor, daí investigavam achando que ela estava sendo molestada e, na verdade, ela se masturbava demais e com muita intensidade. Sim, era uma criança de 3 anos, às vezes acontece =/
    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é claro... rs. Por mais que seja chocante temos que encarar a realidade!
      Minha mãe sempre diz que nesse mundo temos que estar abertas a qualquer situação por mais incrivel que ela sejaa... Se todos pensassem assim seria tudo mais facil, ne?

      Beijos

      Excluir
  3. adoreeeeeeeiiiiiiiiiiii! meu blog ta tomando um rumo mais "polemico" e fico feliz em vê que tem outras blogueiras falando sobre o assunto tbm.
    e acho que isso é uma atitude super comum, parabens pela iniciativa, um otimo post.

    http://blogdagabinovaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada Gabriela!
      Qualquer coisa, fala comigo ;)
      Beijos

      Excluir