terça-feira, 4 de novembro de 2014

Ler em voz alta, grifar o texto... Isso realmente ajuda na prova ou é pura superstição?

Funciona, é fato. Mas será que é igualmente infalível para todo mundo?

Todo mundo tem os seus truques para mandar bem na hora da avaliação. Alguns parecem dar tão certo que só podem ser cientificamente comprovados... Mas será que são mesmo? Veja!


1. Fazer uma revisão antes de dormir
VERDADE

De acordo com um estudo realizado pelos pesquisadores da NYU Langone Medical Center, dormir logo após o aprendizado estimula a conexão das células cerebrais que ajudam no processo de memorização da informação. Ou seja, fazer uma revisão antes da hora do sono é válido. "Mas não adianta nada você dar uma revisada no dia anterior sem ter estudado regularmente desde o início nem brincar que vai sempre tirar um cochilo após os estudos", lembra a professora. "O cérebro precisa de organização para assimilar o conteúdo. Uma boa dica é tentar estudar sempre no mesmo horário. Se você tiver mantido uma rotina de estudos, aí, sim, a revisão antes de se deitar funciona".

2. Comer chocolate
VERDADE

O chocolate é estimulante. Ou seja, ele te ajuda a ficar mais atento durante a prova. Segundo um estudo realizado na Harvard Medical School, essa delícia, principalmente nos sabores amargo e meio amargo, estimula o fluxo sanguíneo e as áreas do cérebro associadas à memória. Mas é importante lembrar que o consumo exagerado nunca é bem-vindo. Segundo Keylla, o excesso de chocolate pode trazer mal estar e prejudicar o desempenho do estudante durante a prova. Um quadradinho, no máximo dois, e pronto. Combinado?


3. Estudar em voz alta e grifar o texto
MITO

"Essas são estratégias única de cada um", salienta a professora Keylla. Há alunos que só com a leitura já entendem tudo, enquanto outros precisam escrever resumos, fazer associações com o dia a dia, grifar o texto, ler em voz alta... Todas essas atitudes são técnicas individuais. Ou seja, não são unânimidades.

4. Descansar a mente para ir relaxada na prova
VERDADE/MITO

Como assim? Bem. É muito importante que o aluno tenha uma boa noite de sono antes da prova. Isso não significa que ele tenha que dormir mais do que normalmente dorme, o que pode atrapalhar também. Mas algumas pessoas gostam de dar uma revisada à noite e colocar um filminho depois para dormir com a mente tranquila. Opa! Segundo Keylla Braga, isso não é aconselhável. "Estudar e fazer outra atividade logo em seguida, como assistir a uma série, por exemplo, pode atrapalhar as informações já assimiladas pelo cérebro".

5. Comer coisas leves antes da avaliação
VERDADE

"E também no dia anterior à prova", destaca a professora, "principalmente em grandes avaliações, como o ENEM". É importante que você não coma nada que não esteja acostumado. Tente consumir alimentos que o seu organismo já conheça, pois o nervosismo pode atrapalhar ainda mais a hora da digestão. Já pensou?

Alguma dessas atitudes pré-provas funciona com você? O que mais você costuma fazer que dá certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário